Professora da Fadba defende tese de doutorado pela UFBA

Júlia Néri se interessou pela docência ainda na graduação

Ana Clara Silveira

 

A professora do curso de Odontologia Júlia Néri defendeu a tese de doutorado intitulada “Avaliação do osso trabecular e cortical de pacientes oncológicos com e sem o uso de medicamentos antirreabsortivos” pela Universidade Federal da Bahia, localizada na capital baiana.

Sua jornada na academia começou desde a graduação. Ela foi bolsista de iniciação científica e fez parte de grupos de pesquisa. Dessa forma, começou a ter interesse em se tornar professora logo no início da jornada acadêmica. “Quando me formei, ingressei logo no mestrado e já tive a oportunidade de começar a trabalhar na área da docência”, explica. Para ela “a educação é a única ferramenta capaz de transformar o mundo”.

A Fadba contribuiu para enriquecer sua experiência na docência. “A partir da participação como preceptora de grupos de pesquisa, aprimorei o meu conhecimento técnico-científico-humano sobre diversos temas na Odontologia, além da escrita de artigos científicos, liderança com discentes e oportunidades de apresentações de trabalhos em congressos”, conta.

Planos futuros

Ela acredita que vai seguir na docência e se compromete com sua profissão. Ela comemora também a oportunidade de ser uma cientista. “Fazer ciência, demonstrando o valor da mulher na área da pesquisa é especial”, comemora. Ela comenta que “com a finalização do doutorado pode participar de concursos públicos de universidades, e quem sabe no futuro fazer o pós-doutorado”.

 

 

Olá! Eu sou a Ane.
Posso ajudar?