Projeto sustentável é desenvolvidos pelo curso de nutrição e gastronomia da Fadba

Alunos e professores dos cursos de nutrição e gastronomia enxergaram a necessidade de uma reeducação no consumo de alimentos frescos como frutas, verduras e legumes

Isabela Vitória

Com o objetivo de modificar a relação do ser humano com o ciclo do alimento, desde o plantio, planejamento de compras, consumo e preparo até seu melhor aproveitamento, o curso de Nutrição e Gastronomia da Faculdade Adventista da Bahia (Fadba) promove o projeto Gastronomia Sustentável.

O uso integral dos alimentos é uma das grandes pautas defendidas pelo projeto, que tem enfoque especial no combate ao desperdício. Jeandson Moraes, coordenador dos cursos de nutrição e gastronomia: “Um dos nossos objetivos com essa liga é conscientizar as pessoas para o uso de cem por cento do alimento e também do cuidado que devemos ter com ele”.

O pontapé inicial do “Gastronomia Sustentável” aconteceu no mês de maio, já com muitas ideias, pesquisas e ações. Para não deixar essa etapa tão especial passar em branco, o semestre foi finalizado com um evento muito esperado pelos alunos e professores, um jantar gourmet sustentável.
“Visitamos a feira municipal de Cachoeira, conhecemos os vendedores e fizemos uma solicitação à eles, se poderíamos recolher todas aquelas frutas e verduras que estavam jogadas ali no chão para reutilizarmos para alguma receita. Então fizemos uma recoleta desses alimentos e preparamos um jantar” comenta Moraes.

Para esse jantar foram convidados a diretoria da Fadba, o presidente da Associação de Feirantes de Cachoeira, a prefeita e a vice prefeita de Cachoeira, Claudia Soares, a idealizadora do projeto Lixo Sustentável, o padre Hélio Vilas Boas, que é o encarregado das paróquias aqui de Cachoeira, e o pastor da igreja da Fadba. Os convidados foram servidos pelos estudante de gastronomia, que também prepararam a comida.

O jantar contou com um cardápio planejado pelos estudantes de gastronomia, composto por Ratatoille, como entrada, Carré Vegetariano, como prato principal e mousse de abacaxi com zester de laranja e crumbs de amendoim, como sobremesa. Além disso, o suco de uvas ao perfume de anis também foi especialmente preparado.

O jantar foi feito para a apresentação de todo o projeto para autoridades estudantis e poderes públicos. E as ações não param por aí, de acordo com Moraes, o planejamento para o segundo semestre está a todo vapor. “Temos no segundo semestre algumas ações como ensinar a comunidade receitas que utilizam cem por cento dos alimentos. Também vamos convidar os moradores da região para a construção de hortas familiares e orgânicas. Todas essas capacitações nós iremos iniciar a partir de agosto”.

  

Olá! Eu sou a Ane.
Posso ajudar?