PÓS

Alunos e professores mobilizam encontro online para reforço espiritual

Iniciativas partiram de uma turma de odontologia, seguiu para mais outro grupo de alunos de diferentes cursos e uma classe de estudo da Bíblia em inglês.

Iniciativas partiram de uma turma de odontologia, seguiu para mais outro grupo de alunos de diferentes cursos e uma classe de estudo da Bíblia em inglês.

Cerca de 15 alunos se reuniram no endereço fornecido pela turma para as aulas semanais e convidaram professores para orar e cantar juntos. A iniciativa movimentou outros interessados e três grupos de culto foram formados, um deles alcançou 80 participantes online. A proposta é que mais turmas se juntem e façam momentos de meditação e reflexão juntas, fora do horário em que as aulas acontecem.

Quem mobilizou sua turma foi o Felipe Storch, estudante do 5o período de odontologia, que defendeu a importância de momentos de reflexão e conforto nesses dias tão conturbados. “Me sinto acolhido mesmo isolado e acreditando que tudo irá passar, pois esse barco tem um capitão maior”, publicou em suas redes sociais, sobre a iniciativa.

“Isso faz nos sentir mais próximos e mostra que mais que uma comunidade acadêmica, somos uma família“, comentou a estudante Viviane Oliveira, que participou do “encontro". 

Quem abriu “as portas“ de casa e conduziu a reflexão foi o coordenador do curso de odontologia, Juan Barrientos e sua esposa, também professora do curso, Márcia Barrientos. Foram momentos de louvor, união, reflexão e emoção. Outros dois professores do curso também participaram junto com o grupo. Wagner Barros e Kendall Capibaribe também se comprometeram a participar do encontro no próximo sábado.

Juan conta que teve um sentimento de gratidão dos alunos. Alguns estavam em Capoeiruçu, outros em suas casas, em Recife, no Pará e no Rio Grande do Sul. “Cantamos, oramos e conversamos de nossa experiência nesta semana e como Deus cuidou de nós até hoje”, acrescenta.

“Achei lindo o gesto da família do professor Juan de dividir conosco o culto. Ainda mais nesse momento difícil que muitas famílias estão passando e se tratando desse contexto que vivemos aqui na faculdade, onde estamos distantes dos nossos país e familiares. Muito sensível da parte deles compartilhar esse momento conosco”, compartilhou Dayane Araújo, aluna da turma.

Além dos estudantes de odontologia, outros alunos de diferentes cursos participaram de um “culto ao vivo“, promovido pelo professor e pastor Isael Costa, que teve um público de 80 pessoas e pretende repetir o encontro.

                       

A classe de inglês, que se reúne aos sábados na Escola Sabatina da Igreja do Câmpus também se beneficiou com o novo recurso. A meditação foi conduzida pelo professor Daniel Duffis, que se conectou com o grupo direto dos EUA.           

Os alunos do internato também se reuniram no campus, em grupos pequenos, com o respeito de espaço, sem contato e fizeram um culto ao ar livre.

A proposta é que no próximo sábado novos grupos sejam formados e alternativas de culto e meditação sejam oferecidas por meio digital, trazendo união, interação e conforto entre a comunidade.

 

Comente